Fotos
Marilyn, 2009
Panelas e tampas de aço inoxidável, cimento

(2x) 297 x 155 x 410 cm

Coleção particular

Obra produzida com o patrocínio de Silampos, S. A.

Marilyn assume a forma de um elegante par de sandálias de salto alto, cuja escala ampliada resulta do uso de panelas e respetivas tampas. Posicionado quase simetricamente, o par remete à figura ausente de Marilyn Monroe. A improvável, mas assertiva, associação de panelas e sandálias de salto alto, dois símbolos paradigmáticos dos domínios privado e público da Mulher, propõe-nos a revisão do Feminino à luz das práticas do mundo contemporâneo. O recurso a panelas, signo ao qual associaríamos a tradicional dimensão doméstica da Mulher, para reproduzir uma enorme sandália de salto alto, símbolo da beleza e elegância exigidas no desempenho social, contradiz a impossibilidade da relação dicotómica do Feminino nos planos doméstico e social. O efeito Gulliver e a monumentalidade do objeto representado irrompem como panegíricos da dualidade feminina, insinuando a realização plena da individualidade através da subversão dos normativos sociais impostos.

2010 Post-War and Contemporary Art Evening Auction, Christie's, Londres


LIPOVETSKY, Gilles,et al - Joana Vasconcelos. Porto: Livraria Fernando Machado, 2011.


PEREIRA, Paulo - Arte Portuguesa: História Essencial. Lisboa: Temas e Debates/Círculo de Leitores, 2011.


AMADO, Miguel; LEBOVICI, Elisabeth; ZAYA, Octavio - Joana Vasconcelos: Sem Rede. Lisboa: Museu Colecção Berardo, 2010.


SILVA, Paulo Cunha e - Joana Vasconcelos. S. Mamede do Coronado: Bial, 2009.